ForumAJSP

Por favor Entre ou registe-se.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Pesquisa avançada  

Notícias:

SMF - Just Installed!

Autor Tópico: Não exactamente FoF mas Wild West Alley  (Lida 1193 vezes)

Faustnik

  • Associados e Convidados
  • Full Member
  • ******
  • Offline Offline
  • Mensagens: 110
Não exactamente FoF mas Wild West Alley
« em: 01 Novembro 2013 06:24:42 pm »

Hatfields vs McCoy’s, um clássico do Velho Oeste

Kamaradas,

Desta vez algo diferente, mas não novo – um Western, usando a clássica situação do Hatfields contra os McCoy’s, transcrita para momentos mais tardios, obséquio do nosso mestre de jogo Pargana.

Usando o material a 28mm do Luís Reis – responsável em 99% pelo material usado, com excepção do pano e árvores que são minhas.

Quanto a regras, após alguns testes de vários sistemas, optamos desta vez por usar as Pulp Alley, visto serem extremamente flexíveis, usarem um sistema muito similar às Force-on-Force e, concentrar-se na qualidade dos elementos e não só no seu armamento.

A mesa (1,2x1,2m)




Cada grupo de jogadores (Luis/Artur e Eu/Pargana) tinha 10 pontos para criar o seu grupo, mas como alguns jogadores foram garganeiros, escolhendo um líder/herói e dois Companheiros, esgotando logo a sua pool de pontos, o Pargana, decidiu então dar mais 4 aliados, a cada grupo, num total de 18 pontos – muita fruta mesmo.

Os McCoy


Os Hatfield – muito escondidos no topo superior esquerdo

A colocação no terreno foi aleatória e condicionou enormemente o jogo, com o meu grupo a ficar defronte do do Artur, superior em número e pontuação, enquanto que o Luis ficava no meio de duas unidades do Pargana, junto à rua principal – ok! única rua….

Estas condicionantes determinaram o pouco movimento e a fuzilaria quase automática desde o turno 1.
Eu pela minha parte limitei-me a fixar o grupo do Artur, com 10 pontos contra os meus 8 e consegui ter algum sucesso, perdendo um elemento contra dois dele.

 
O líder dos McCoy, controlando a rua principal, preparando-se para disparar contra os odiados Hatfield

Estes observavam sem grande acção…

Outro McCoy…


Do meu lado, o duelo continuava (os marcadores indicam quantas acções já foram despendidas pelos elementos)


Forçando mesmo os McCoy do Artur a abrigarem e sob fogo cruzado as primeiras baixas eram evidentes.


Entusiasmado pelo meu sucesso ainda tentei um flanqueamento… mas sem resultado

Na rua principal, alguns disparos mas nada de grave, e todos necessitavam de ir ao oculista, que ninguém acertava em nada…


O Artur, farto de levar tiro tenta dar uma mão – neste caso um revolver – ao Luis, acossado por todos os lados…

Prontamente bloqueado pelo Pargana e, estes iriam manter-se todo o jogo aos tirinhos, sem grandes resultados


Acho que até os mortos conseguiriam melhores resultados…


Fartos deste impasse, nada melhor que acção directa…

O primeiro round foi para os McCoy…

Mas Machete é Machete, e recuperando um tiro à queima-roupa, que apenas furou o poncho oferta do namorada, vai de lhe dar bem no peito….

E desta vez o McCoy não se levanta.
Enquanto isso, um dos lugares tenentes Hatfield, aproveita para desferir com a sua caçadeira de canos cerrados uma descarga noutro McCoy (2ª tentativa, que na primeira, dos 6D6 o Pargana apenas passou um dado)

Outro McCoy no chão…..

Testes e mais testes, e com 3 baixas em cada bando – apenas aliados – e alguns feridos, ambos os grupos decidiram ir lamber as feridas e regressar noutro dia, jurando vingança…

Um jogo divertido, mais pelos falhanços de dados fáceis que pela táctica, mas voltaremos em breve a esta temática..

A+

Faustnik
Registado
 

Página criada em 1.353 segundos com 35 procedimentos.