ForumAJSP

Por favor Entre ou registe-se.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Pesquisa avançada  

Notícias:

SMF - Just Installed!

Autor Tópico: Saving da contractors (Iraque 2004)  (Lida 2507 vezes)

FMartins

  • Associados e Convidados
  • Full Member
  • ******
  • Offline Offline
  • Mensagens: 190
Saving da contractors (Iraque 2004)
« em: 02 Dezembro 2013 11:45:22 pm »

Iraque, dia e local do costume.
Um par de mer… “contratados” da Blackwater Inc. foi apanhado à má fila num tiroteio e encontra-se agora em pleno esvaimento sanguíneo no meio de uma avenida. Os Marines nas imediações são chamados para ir ao local tomar conta da ocorrência e trazer os rapazes, vivos ou mortos.
As forças norte-americanas são compostas por três equipas a 4 homens, um sargento e três Humvees armados. Uma delas (A) irá manter-se em vigilância, a segunda (B) irá proceder ao resgate e a terceira (C) fará o apoio à extracção.
É espectável a oposição de fanáticos sunitas, maus atiradores mas altamente motivados, e que poderão surgir em hordas de todos os esgotos e sarjetas da cidade.
 
Logo de início, a Equipa A (A Team, para os amigos) coloca-se no telhado de uma casa de onde pode controlar vários eixos de aproximação. As equipas B e C fazem um avanço inicial. De um dos flancos surge um poderoso grupo jihadista que, mau grado o intenso tiroteio, não consegue causar baixas aos americanos. A réplica é mais mortífera e caem pelo chão alguns iraquianos.



 
As equipas B e C fazem novo avanço, posicionando-se para - palavras do Pargana! - “controlar a esquina”. A malta toda ficou a imaginar umas senhoras encostadas a um candeeiro, a fumar e de mala a tiracolo… quem sabe se não serão figuras a adquirir num futuro próximo?







 
Surgem mais insurgentes ao fundo da avenida, mas os soldados norte-americanos são mais rápidos e causam baixas aos inimigos. Contudo, mercê do seu desejo de encontrar as “hurris” no Paraíso, os jihadistas não cedem e disparam com tudo o que têm contra os soldados. Entre tiros de AK e RPG, alguma coisa haveria de acertar, mas mais uma vez, nada feito.






 
A equipa B chega ao pé dos mercenários e enquanto três homens desmontam, o Humvee monta guarda ao local. É o momento esperado pelos iraquianos, que fortemente reforçados, despejam tudo o que têm contra os soldados, conseguindo abater o servente da .50. Mas os americanos não soçobram, e entre muitos tiros e vários mortos (iraquianos), conseguem retirar os feridos. Numa célere marcha-atrás, retiram rapidamente, o mesmo fazendo, em sucessão, a equipa C.


 
Resultado final: vitória norte-americana, com uma missão bem sucedida. A lamentar, um morto.
Aos jihadistas mortos, coube-lhes a surpresa de descobrir que, no Paraíso, em lugar de “hurris”, estavam à sua espera montões de Harrys! Pois é, é no que dá os erros de tradução... :)
Registado

Faustnik

  • Associados e Convidados
  • Full Member
  • ******
  • Offline Offline
  • Mensagens: 110
Re: Saving da contractors (Iraque 2004)
« Responder #1 em: 07 Dezembro 2013 09:07:13 am »

Kamaradas,

Após a apresentação do jogo pelo Filipe, resta-me apresentar o contexto da operação.

Na realidade este cenário e outros que temos realizado, inserem-se num projecto de desenvolver cenários pequenos mas intensos, que possam ser desenvolvidos fora do espaço da AJSP.
A realidade é que a maioria dos wargamers portugueses não estão interessados em associar-se e que rondam as lojas de jogos que existem – na realidade ultrapassando a dúzia no espaço português – e não as associações.
Daí já que a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha e, com muitos destes jogadores a estarem interessados em jogos como o «Call of Duty» é natural que jogos destes possam ter interessados. Mas a lojas circulam mais no contexto dos torneios de Magic, W40k e FoW, algo que não se joga na AJSP, pelo que é necessário dar a volta…..

O presente cenário, para ser jogado numa mesa de 75x75cm (tamanho máximo para uma mesa de café) apresenta edifícios em bases de 20x30cm ou 20x20cm – longe estamos dos ambientes minimalistas rurais do AmbushAlley, com 4 quadrantes estabelecidos pela rede viária.






A situação varia, mas encaixa sempre na mesma vertente: operação de salvamento e/ou resgate.
Uma equipa de Contractors, da ONU, UNICEF, pessoal diplomático, Camaradas, o quer que seja, é emboscada, ou alvo de um IED.
A vossa equipa é a mais próxima…… sabem o resto da história.
O cenário é na realidade uma corrida contra o tempo: por um lado quanto mais tempo na mesa, mais os reforços insurrectos (o presente cenário desenrola-se no Iraque, mas podia ser no Mali, Congo, Moçambique, México, Colômbia, onde queiram), por outro lado, se conseguirem efectuar o resgate em 6 turnos a pontuação é superior, depois disso perdem mais de 50% desta….

Quanto à currente operação, Filipe e Pargana do lado da equipa de resgate, eu como mestre de jogo controlando os insurrectos. Poucas forças na mesa e dispersas (usei um sistema aleatório para isso, para permitir a repetição do cenário vezes sem conta), reforços automáticos, poucos lideres, mas hipótese de alguns RPGs.

Forças de salvamento em Hummvees, e talvez apoio de LAVs ou Guardians….

Mais algumas fotos do jogo.











A+

Faustnik
Registado

FMartins

  • Associados e Convidados
  • Full Member
  • ******
  • Offline Offline
  • Mensagens: 190
Re: Saving da contractors (Iraque 2004)
« Responder #2 em: 19 Dezembro 2013 07:10:58 pm »

Para jogo de exibição, este parece-me um modelo ideal. Relativamente compacto, não carece de uma grande logística, o "layout" é simples, não tem nada que saber.
Registado

RDSena

  • Associados e Convidados
  • Newbie
  • ******
  • Offline Offline
  • Mensagens: 15
Re: Saving da contractors (Iraque 2004)
« Responder #3 em: 24 Dezembro 2013 01:14:14 pm »


É espectável a oposição de fanáticos sunitas, maus atiradores mas altamente motivados, e que poderão surgir em hordas de todos os esgotos e sarjetas da cidade


LoL
Registado

RDSena

  • Associados e Convidados
  • Newbie
  • ******
  • Offline Offline
  • Mensagens: 15
Re: Saving da contractors (Iraque 2004)
« Responder #4 em: 24 Dezembro 2013 01:24:46 pm »

Na realidade este cenário e outros que temos realizado, inserem-se num projecto de desenvolver cenários pequenos mas intensos, que possam ser desenvolvidos fora do espaço da AJSP.
A realidade é que a maioria dos wargamers portugueses não estão interessados em associar-se e que rondam as lojas de jogos que existem – na realidade ultrapassando a dúzia no espaço português – e não as associações.

Como wargamer prefiro áreas de jogo pequenas mas intensas! Há menos hipótese de andar a passear em demasia as miniaturas. Alguns jogadores deixam de “dançar” com o seu exército de um lado para o outro. A nível logístico torna-se tudo mais fácil. Concordo!

Daí já que a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha e, com muitos destes jogadores a estarem interessados em jogos como o «Call of Duty» é natural que jogos destes possam ter interessados. Mas a lojas circulam mais no contexto dos torneios de Magic, W40k e FoW, algo que não se joga na AJSP, pelo que é necessário dar a volta…..
Call of Duty tem esse poder, e há que aproveitá-lo para o ambiente de wargame tabletop. Ao nível das lojas não terem miniaturas da temática, isso vai mudar com a Tempos Medievais.

Questão: estes cenários estão a ser criados de raiz por vocês, correcto?

Obrigado
Registado

Faustnik

  • Associados e Convidados
  • Full Member
  • ******
  • Offline Offline
  • Mensagens: 110
Re: Saving da contractors (Iraque 2004)
« Responder #5 em: 25 Dezembro 2013 07:03:22 pm »

.Call of Duty tem esse poder, e há que aproveitá-lo para o ambiente de wargame tabletop. Ao nível das lojas não terem miniaturas da temática, isso vai mudar com a Tempos Medievais.


Espero bem que sim, visto que existe uma larga área de miniaturas, desde o 15mm ao 54mm. Eu prefiro o material 1:72 (aka 20mm) por uma questão estética e de compatibilidade com o nosso material cénico, e como ando nisto desde 1975, tenho já algum  ;D

As melhores figuras - e de fácil acesso - serão as da http://www.elhiemfigures.com/ e as da MoJo http://mjfigures.co.uk/ ainda que também usemos as da Brittania e Liberation.




Questão: estes cenários estão a ser criados de raiz por vocês, correcto?


No presente caso, a situação do cenário deriva de um publicado nos finais de 2007 pela Ambush Alley Games.

Faustnik
Registado

RDSena

  • Associados e Convidados
  • Newbie
  • ******
  • Offline Offline
  • Mensagens: 15
Re: Saving da contractors (Iraque 2004)
« Responder #6 em: 26 Dezembro 2013 12:06:50 pm »

Agradeço as sugestões de marcas. Adicionados!

O cenário ficou muito porreiro.
Registado
 

Página criada em 1.209 segundos com 47 procedimentos.